31 de março de 2011

O crescimento da renda per capita no Brasil

Todos sabem que nos últimos 20 anos, particularmente depois da estabilização econômica de 1994, a economia brasileira começou a avançar em bases mais sólidas, em um contexto de maior crescimento econômico e maior controle da inflação. Um dos indicadores mais impressionantes dessa transformação é a evolução do PIB per capita no conceito de paridade de poder de compra.

A paridade do poder de compra foi concebida pelo Banco Mundial, como uma forma de poder comparar países que tinham custos de vida muito diferentes. Esse indicador mede a evolução média da renda dos brasileiros em valores correspondentes aos que eles gastaria se estivesse comprando os mesmos produtos de sua cesta de compras nos Estados Unidos e não no Brasil.

Por esse indicador, nosso PIB per capita dobrou nos últimos 20 anos, tendo atingido um valor superior a 10 mil dólares por pessoa, segundo o World Development Indicators, do Banco Mundial. Vale notar que o principal momento de expansão do crescimento econômico brasileiro no período recente se verificou depois de 2003. De fato, enquanto o PIB per capita no conceito adotado apresentou uma taxa de crescimento de 4,5% ao ano no período de 2000 a 2009, na década anterior a taxa de crescimento observada foi de 3,0% ao ano. O Gráfico 1, abaixo, ilustra tais elementos.

Gráfico 1 – Evolução do PIB Per Capita no Conceito de Paridade do Poder de Compra. Brasil, 1990-2009. Valores em US$
Fonte: Banco Mundial, World Development Indicators

Nossas projeções indicam que, com a aceleração do ritmo de crescimento econômico na presente decada e com a significativa redução do ritmo de crescimento da população, é possível que esse indicador dobre novamente nos próximos 10 anos. Trata-se de uma evolução muito importante, e uma grande oportunidade para todos aqueles que investem no Brasil. Pense nisso.

Por Haroldo Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário